Peeling Químico

Dora_Ullmann_peeling quimico

O que é o Peeling Químico?

O peeling químico é um procedimento estético com princípios ativos químicos para promover a renovação da pele, agindo nas camadas de forma superficial, mediana ou profunda. Assim, age renovando as camadas de pele danificadas e promovendo o crescimento de uma nova camada, mais lisa e saudável.

Quais os tipos de peelings?

Em geral, existem três tipos de peelings faciais:

– Químico: realizado por aplicações de substâncias químicas, promovendo uma esfoliação das regiões comprometidas da pele, auxiliando no seu rejuvenescimento.

Mecânico: realiza uma ação esfoliante, atua no rejuvenescimento da pele e possui uma regeneração tecidual mais rápida que os demais, sendo indicado para homens e mulheres de todas as idades.

Físico: utiliza receitas caseiras, cremes com ativos esfoliativos ou equipamentos a laser, sendo indicado para o tratamento de cicatrizes de acne mais profundas.

Dentro de cada categoria pode haver diversas variações de peeling com base na utilização de diferentes recursos e mecanismos. Com isso, é imprescindível uma avaliação com o profissional responsável para definir o tipo de peeling mais adequado para cada caso.

Como funciona o tratamento?

Neste procedimento são utilizados diversos tipos de ácidos que variam de acordo com a área a ser tratada e com a profundidade que se deseja atingir, definida pelo especialista. O pós-peeling também exige alguns cuidados específicos para potencializar os resultados.

O peeling químico também trata a acne?

Os protocolos de peelings tratam diversos tipos de manchas, acne, poros, linhas de expressão e rejuvenescimento melhorando a qualidade da pele como um todo. Geralmente, o peeling químico médio é o mais utilizado para tratar marcas de acne e o profundo, que provoca crostas na pele, realizado sob sedação.

O peeling químico deixa cicatriz?

Há a possibilidade de ocorrer cicatrizes ou infecções na pessoa que passou por esse procedimento, por isso é imprescindível realizar os cuidados adequadamente durante o período de recuperação.

O peeling químico oferece riscos?

A descamação da pele é esperada após a maioria dos peelings, de acordo com a intensidade dos ativos. Já o período de descamação pode variar, assim como, a quantidades de pele desprendida.

O peeling químico pode ser feito no verão?

O procedimento pode ser feito em todas estações do ano desde que os cuidados após sua realização sejam seguidos.

Qual o valor do peeling químico?

O preço do peeling químico varia de acordo com o número de sessões realizadas pelo paciente e do nível do tratamento. Por isso é imprescindível uma avaliação médica com um profissional capacitado para realizar o seu diagnóstico.